Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

[Intro: Mike El Nite]
Duas de hidrogénio, uma de oxigénio x8

[Verse 1: Mike El Nite]
Fresca, fluida, pura, cristalina, transparente
Vê-a vir p'ra tua casa vinda da nascente
Água fria
2 litros por dia
Um copo ao acordar deixá-la circular para manter viva a utopia

 

Querem engarrafá-la e roltulá-la e vendê-la a outros
Eu só quero preservá-la afogar as balas tê-la no corpo

70 por cento de mim
70 por cento do globo
Ela é 100 por cento assim
0 por cento p'ra todos

Uma partícula, uma gotícula, uma ribeira um riacho
A moldar a terra a galgar as pedras lá vem ela montanha abaixo
Até se tornar cascata
E dar pedradas no charco
Deixar o peixe cor de prata
A dar pancadas no barco

Mergulha no lago
Baixa a temperatura do ego
Respira ajudado

Procura o teu nado
Entra na saga do Ecco
Profundo explorado

E usa o sonar
Para comunicares o que tens encontrado

Vem apanhar ar
Volta a Contemplar a terra com um olhar refrescado
E bebe

[Hook]
Duas de hidrogénio, uma de oxigénio x4

Fresca, fluida, pura, cristalina, transparente
Vê-a vir p'ra tua casa vinda da nascente
Água fria
2 litros por dia
Um copo ao acordar deixá-la circular para manter viva a utopia


[Verse 2: ProfJam]
Bebe um trago do lago e mergulha
O frio espeta na espinha uma agulha

A verdade não procuro no palheiro mais
O burro que a coma, coma dos iguais
à corrente vou contra nos montes Urais, eu

Procuro a nascente, eu
Sou um salmão vidente, eu

Leio salmos de gente que apesar do tempo via 'pá frente, eu

Nado sem nada no dorso, escamas ou guelras no meu pescoço
Fumo 'pá goela, fumo 'pó bolso
Nasci na selva, virei o poço
Jogo ao guelas com pedras do fosso
Fria aguarela pinta-me o rosto
Corro da mentira, não viro coxo
Manda água fria, aqueço depois…

Sou um visionário aquático empático que empata o jogo
Em que o árbitro marca golo, o empresário mete ao bolso
E o asmático ganha fôlego, mesmo debaixo de água!
Debaixo de água…
Sou um visionário aquático empático que empata o jogo
Em que o árbitro marca golo, o empresário mete ao bolso
E o asmático ganha fôlego, mesmo debaixo de água!
Debaixo de água…


[Hook]
Duas de hidrogénio, uma de oxigénio x4

Fresca, fluida, pura, cristalina, transparente
Vê-a vir p'ra tua casa vinda da nascente
Água fria
2 litros por dia
Um copo ao acordar deixá-la circular para manter viva a utopia

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.