Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Não sei das coisas do Mundo
Dos interesses das Nações
Da defesa ou da estratégia
Das grandes conspirações

Mas sei que são as coisas mais pequenas
Aquelas que te fazem mais feliz
Pequenas grandes coisas que são tanto
Para ti

Nem sei da Terceira Guerra
Da grande revolução
Da tal invasão da Terra
Ou da globalização

Mas sei uma palavra tão pequena
Capaz do maior feito natural
Dizê-la faz tudo valer a pena
Afinal

Eu vou dizê-la assim ser qualquer medo
Em toda a sua força, o seu esplendor
Há muito que deixou de ser segredo
Meu amor

Nunca fui dado às coisas do futuro
Nem sou de olhar o chão que já pisei
Mas sei que ao pé de ti eu vou seguro
Estou bem

É bom saber que vamos lado a lado
Que a vida está cheia de gente só
E mesmo sem saber onde nos levas
Eu vou

Eu vou.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.