Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Fogo no meu sangue

arde só por ti

de tanto te querer,

tanto eu perdi

Foste como um sol invisível

que apenas brilhou o possível

Nem todos os caminhos

vão dar ao céu

Nem todos os caminhos

vão dar ao céu

Mais, quero mais

porque muito nunca bastou;

E o pouco que deixaste

ainda jaz em mim,

a mágoa que criaste

parasita em mim

em mim… Até ao fim

Foste como um sol invisível

que apenas brilhou o possível

Nem todos os caminhos

vão dar ao céu

Nem todos os caminhos

vão dar ao céu

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email