Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Amor eu não vou mudar,
Tantas guerras já sessei
Procurei-te em vão eu sei
Mas por hoje não vai dar

Pensar que tudo terminou
E mim nada ficou
E eu duvidei

Que este dia chegaria
E sem receio ou cobardia
Nem hesitei

Hoje sou livre
Livre
E hoje sou livre
Livre

Sou livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

Versus 2

Encontrei o meu lugar
Distante do teu olhar
Das juras do vou mudar
Bem longe vou respirar

Pensar que tudo terminou
E mim nada modificou
Duvidei

Que este dia chegaria
E sem receio ou cobardia
Nem hesitei

E hoje sou livre
Oh Livre
E hoje sou livre
Livre

Sou livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

Ser livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post