Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

mariaanadon.jpg

 

 
( Re) cantos da Alma”
Disponível numa loja perto de si a 20 de Novembro 

Depois do sucesso da edição em Itália, “( Re) cantos da Alma” é agora distribuído em Portugal através da parceria entre a AVM Music Edition e da Compact Records.

“(Re)Cantos da Alma” é o novo disco da cantora e autora Maria Anadon e do violoncelista, guitarrista e compositor Davide Zaccaria.

Este albúm apresenta entre os temas originais, uma revisitação ao que se pretende que seja os recantos da alma coletiva, integrando alguns dos nossos grandes compositores e letristas: Zeca Afonso, Sérgio Godinho, Chico Buarque, Florbela Espanca, João Gil, Amália Rodrigues, Carlos Gonçalves.

Com uma sonoridade especial, criada a partir dos arranjos de Davide Zaccaria para quatro violoncelos e guitarra portuguesa, a voz quente de Maria Anadon e a sua formação jazzística, sobressaem nas dinâmicas necessárias para que se perceba cada palavra que canta, transmitindo assim, toda a emoção do sentir a música portuguesa.

Neste trabalho participam os músicos Ana Cláudia Serrão, Ângela Carneiro e André Ferreira nos violoncelos, Fernando Silva na guitarra portuguesa e Óscar Viana no oboé.
 
 
Contactos:
Management: recantosalma@gmail.com
Info: geral@alainvachier.com
 
  1. Que mais querem de mim ( Maria Anadon/Davide Zaccaria)
  2. Um tempo passou ( Chico Buarque /Sérgio Godinho)
  3. No potho reposare (Salvatore “Badore” Sini/ G. Rachel
  4. De lés a lés (Maria Anadon/Davide Zaccaria)
  5. Perdidamente ( Florbela Espanca/João Gil)
  6. Pode alguém ser que não é? (Sérgio Godinho)
  7. Se deixas de ser quem és (Amália Rodrigues/Carlos Gonçalves)
  8. J.L. (Maria Anadon/Davide Zaccaria/Massimiliano Viel )
  9. Eu sou que dou (Davide Zaccaria)
  10. Que amor não me engana (José Afonso)
  11. Arranja-me um emprego (Sérgio Godinho)
  12. Lácqua come sempre in ritardo ( Davide Zaccaria)
  13. Num ardor (Maria Anadon/Davide Zaccaria)
  14. Poema simples (Davide Zaccaria)
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.