Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Abres a porta e vais embora
Nem te despedes de mim
Meu amor não fugias agora
Está a chegar a hora
De voltar pra o pé de ti

Deixas a chave à entrada
Num vaso com flores para ti
Nesta última jogada
Vês que ao sair de casa
Não tens como voltar pra mim

Sei, se a noite leva o dia
Não há mais sol para ver
Sei que não voltas aqui
E eu, feito cobarde
Não sigo em frente
Espero por ti

Deixas dor na minha voz
Fica tão áspera de pena
E todos os versos sobre nós
São agora mais que um poema
Pra ler um dia
Se formos avós

Digo baixinho ao ouvido
De quem me quiser ouvir
O meu sonho é ficar contigo
E se eu um dia consigo
Juro nunca mais
Vais fugir de mim

Sei, se a noite leva o dia
Não há mais sol para ver
Sei que não voltas aqui
E eu, feito cobarde
Não sigo em frente
Espero por ti

 

Letra e Música/Lyrics and Music: Guilherme Alface, João Direitinho

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email