Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Amar dentro do peito uma donzela,
Jurar-lhe pelos céus a fé mais pura,
Falar-lhe, conseguindo alta ventura,
Amar dentro do peito uma donzela.

Depois da meia-noite na janela
Fazê-la vir abaixo, e com cautela,
Sentir abrir a porta que murmura.
Entrar pé ante pé, e com ternura
Apertá-la nos braços casta e bela.
Jurar-lhe pelos céus a fé mais pura.


Amar dentro do peito uma donzela,
Jurar-lhe pelos céus a fé mais pura,
Falar-lhe, conseguindo alta ventura,
Amar dentro do peito uma donzela.

Beijar-lhe os vergonhosos, lindos olhos,
E a boca, com prazer o mais jucundo,
Apalpar-lhe de leve os dois pimpolhos,
Vê-la rendida enfim ao amor fecundo.
Ditoso levantar-lhe os brancos folhos,
É este o maior gosto que há…

Ditoso levantar-lhe os brancos folhos,
Este é o maior gosto que há no mundo.

PT
8AC
15
00103
11 Amar dentro do peito uma donzela
Está dito
MARAFONA

 

Amar dentro do peito uma donzela 
Poema de Bocage
Autor Música: Artur Serra

Arranjos: MARAFONA

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email