Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

luisasobral.jpg

 


LUÍSA SOBRAL

Grava novo disco em Los Angeles com Joe Henry



Luisa Sobral arranca hoje com as gravações do seu novo disco. A artista portuguesa está já em Los Angeles para dar corpo ao seu quarto disco de originais. Ao leme da produção estará Joe Henry, um dos mais conceituados produtores da actualidade, vencedor de 3 Grammy Awards, e responsável pela assinatura de trabalhos de artistas como Elvis Costello, Solomon Burke, Beck, Hugh Laurie, Emmylou Harris, entre muitos outros. Para além de produtor, Joe Henry tem também uma sólida carreira artística, já com 13 discos editados, colaborações com artistas como Brad Mehldau e Bill Frisell e um notável percurso como compositor com destaque evidente para o seu trabalho com Madonna, de quem é um dos principais fornecedores de canções. Os trabalhos decorrerão no mítico United Recording Studios, uma das catedrais sagradas da música das últimas décadas e por onde passaram históricos como Frank Sinatra, Ray Charles ou Ella Fitzgerald, bem como estrelas mais recentes e de espectros tão variados como, por exemplo, Jay Z, Radiohead, Red Hot Chili Peppers, U2, John Mayer, etc.
 
Sobre Luisa Sobral, Joe Henry diz:
"In my job as a producer, I receive a lot of new music to hear and evaluate; and as diligent as I try to be to give all its due, I find more than not that I know within moments if the songs are truly speaking to me, and whether or not I have something to offer them in return.
 
Such was the case when I was first approached about working with Luisa Sobral: I was barely a verse into the first song demo that I heard when I knew that I wanted to work with her, and would if invited. I heard a fully-formed songwriter at work, and knew too that she was fully committed to the process, possessing both a point of view, and an open-hearted, collaborative spirit.
 
I don't need much else to go on. Songs are always the compass blade pointing the way forward; and when the artist is invested in following that direction, I know that real discovery is possible. And discovery is whole game where music is concerned."
 
O disco ainda não tem data de saída prevista. Mais informações serão dadas oportunamente.
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.