Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

acert.jpg

 

 
Luis Pastor e A Cor da Língua ACERT
CANÇÕES DO ESPECTÁCULO A VIAGEM DO ELEFANTE 

 

TRIGO LIMPO TEATRO ACERT
A PARTIR DO CONTO DE JOSÉ SARAMAGO
 
Concertos de lançamento do CD/Livro
 
COIMBRA, 22 de Fevereiro, 21:30h, Conservatório de Música
MADRID, 24 de Fevereiro, 21h, Centro Cultural de la Villa
 
 
Os poemas de José Saramago estiveram na origem das canções criadas por Luis Pastor para a música de cena, interpretada ao vivo, no espetáculo de teatro de rua A Viagem do Elefante, criado pelo Trigo Limpo teatro ACERT a partir do conto homónimo de José Saramago.
 
Gravado o CD/Livro com o registo dessas canções, as apresentações ao vivo oferecem uma interpretação renovada dos temas de estúdio, deixando ouvir o fado, a morna, a chula, o flamenco mestiçados com novas identidades, como se um novo corpo ganhasse vida para palmilhar outra viagem. Como se escuta numa das canções: “palma com palma/ coração e coração/ e gosto de alma”.
 
A Fundação José Saramago continua afectivamente associada a esta Viagem musical que, tal como o espetáculo de teatro, tem como guia o nosso Nobel, criador de livros e de sonhos. O Conservatório de Música de Coimbra, parceiro relevante do projeto, é coprodutor do concerto de Coimbra.
 
Mais de 30.000 espectadores assistiram, em 2013/14, às 25 apresentações da digressão do espetáculo teatral por várias cidades portuguesas e por Espanha. Mais de um milhar de atores e músicos locais desempenharam um papel determinante no êxito projeto, façanha que os concertos de apresentação do CD/Livro A Viagem do Elefante também pretendem celebrar. 
 
"José Saramago escreveu A Viagem do Elefante porque a façanha de Salomão tinha de ser contada, e contar é a forma que os escritores têm de erigir monumentos. Depois, os homens e mulheres do Trigo Limpo teatro ACERT com Luis Pastor e os voluntários de cada lugar coroaram a obra e deixaram que nela tomassem lugar todos os que gozámos a passagem de Salomão e a sua capacidade de provocar emoções."


Pilar del Río

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email