Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Mordeu a mão
Não viu o céu cair
E a sombra fugiu a sete pés


Queimou ao sol
que nem preguiça à chuva
e à espera despiu-se de tudo o que fez.
Foi sempre à frente
só que no lugar de morto
Limpou a cara
e nem se apercebeu
que a estrada era toda de fogo
Olhou em volta
quase se distraiu
e á noite caiu na cama
desfeita de sono
Foi sempre
á frente
Só que no lugar de morto
Queria ver tudo
E não sentir o desconforto

No lugar de morto
Tudo em contramão
No lugar de morto
Tudo em contramão
no lugar de morto
Tudo em contramao
no lugar de morto
Tudo em contramão

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.