Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

 

Uma vez, duas vezes
À terceira já só cai quem quer
Eu estou, estou fora
De vez

Tentei, pensei
Que desta vez pudesse acertar
Enganei-me, dei-me tanto
P'ra quê?

Desta vez
Desta vez, não há talvez
Vou fazer-me à estrada
Isto já não vale nada

Tinhas tudo aqui, sempre prometi
Estar ao pé de ti, aconteça o que acontecer
Mas chegou ao fim, é melhor assim
Estar ao pé de ti, sem te ter
Tens de perceber
Assim não consigo viver

Eu sei que dei
Tudo quanto te podia dar
Sei que sabes, tu sabes
Tão bem

Tentei, esgotei
Toda a força e amor para ti
Temos pena, tanta pena
Mas fui

Desta vez
Desta vez, não há talvez
Vou fazer-me à estrada
Isto já não vale nada

Tinhas tudo aqui, sempre prometi
Estar ao pé de ti, aconteça o que acontecer
Mas chegou ao fim, é melhor assim
Estar ao pé de ti, sem te ter
Tens de perceber
Assim não consigo viver

Assim não consigo viver

Desta vez
Desta vez, não há talvez
Vou fazer-me à estrada
Isto já não vale nada

Tinhas tudo aqui, sempre prometi
Estar ao pé de ti, aconteça o que acontecer
Mas chegou ao fim, é melhor assim
Estar ao pé de ti, sem te ter
Tens de perceber
Assim não consigo viver

Assim não consigo viver

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post