Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

dona carioca.jpg

 

LANÇAMENTO / RELEASE
15 de Outubro / 15Th October - 22H15  - SÉ LÁ VIE
BRAGA - Portugal
 
 
A Dona Carioca é composta pelo casal maravilha Alex Liberalli e Budda Guedes. Apresenta-se ao vivo em forma de quarteto e assume o funk e o disco sound como modo de vida. O propósito desta banda é fazer música para dançar, música para festejar, música para celebrar a vida!

Neste primeiro disco as letras são muito biográficas, fortemente inspiradas na marcante personalidade de Alex Liberalli: a Dona Carioca.

Assumem-se os defeitos como feitios e cantam-se lado a lado com as virtudes!

As raízes da Dona Carioca vão bem fundo e começam em 1998, ano em que Alex Liberalli assumiu o papel de vocalista dos Big Fat Mamma, banda liderada por Budda Guedes e Rui Rodrigues. Com a extinção dos Big Fat Mamma em 2004 surgem os Monstro Mau e a dupla Alex e Budda matem-se ainda mais unida.

Em 2016 surge um disco de dança (não electrónico) que procura uma nova cara. A nacionalidade de Alex fez como que assumisse o alter-ego de Dona Carioca (personagem imaginaria inspirada igualmente em Fernanda Abreu e Zé Carioca), que tem a cor de laranja como emblema.

O disco homônimo teve como primeiro Single o tema "Vem Dançar" um claro convite à festa e à diversão. O segundo single "Canto a Felicidade" é um hino hedonístico capaz de levantar o astral do mais sisudo dos sisudos. Dona Carioca é boa energia e boas vibrações, com vontade de melhorar o mundo e colorir aqueles dias cinzentos.
 

 

 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.