Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Com um olhar de soslaio

não me vêem como eu sou

atracados na memória

com quem ando e ou me vou

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

não tem o que dizer

não tem o que dizer

não tem o que dizer

 

não sabem da minha vida

quem morreu e quem ficou

são doenças que descuram

que ninguém lhes segredou

 

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

nem sei que lhes dizer

nem sei que lhes dizer

nem sei que lhes dizer

 

Entre dentes especulam

onde vou e o que faço

não passam de vis criaturas

a quem nego o meu enlaço

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

nunca hão de saber

nunca hão de saber

nunca hão de saber

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

não tem o que dizer

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

nem sei que lhes dizer

 

e falam sobre mim

sem me conhecer

dizem que é assim

nunca hão de saber

nunca hão de saber

nunca hão de saber

nunca hão de saber

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email