Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

17 Nov, 2014

L - Bom Rapaz

 

Letra

 

Rapo a cabeça para arrumar o assunto
Das metas do meu futuro, nesta bola de cristal
Quanto a beleza? já não desço mais fundo
Estou a viver a ternura dos quarenta aos vinte e tal
Olha para mim a disfarçar a calvice
grande assunto para um tema, só mesmo o rap para poder falar disso
"Tas a falar mal do rap bacano, ganha é juizo"
é o meu cabelo e o teu cérebro, também não existe
"Boy manda la um improviso só para ver do que és capaz"
Estou sem paciência para isso, acho que estou a ficar velho
Querem fazer de mim artista, eu só quero ser bom rapaz
E por um sorriso na cara de quem me deu tudo o que tenho
Reis obrigado pelo beat
Talvez nunca o leve a palco, se não encontrar bons músicos
porque entre amigos esta difícil, e a guita vai-se no passe
não me posso dar ao luxo de estar a pagar um anuncio
Nesse dia em que o mundo, já não me quiser ouvir
Sabes que apesar de tudo, eu vou continuar aqui
Prometo que num futuro, tudo o que ouvirás de mim
Podia ser diferente, eu sei, mas
Faço o que me faz sorrir

Sabes que no fim de tudo
toda essa fama e orgulho
vão ficar pelo caminho
e o que foste tanto faz
Pensa só por um segundo
No que deixarás ao mundo
jamais ficaras sozinho
sendo honesto e bom rapaz

Estas a acusar a pressão,
e o teu comportamento insere-se num padrão social
Temes tanto a rejeição que criaste um habitat artificial
e um modus operandi pra poder habita-lo
Repara, querem que eu venha da rua
trate mulheres como trunfos, fale de fumos e drunfos e eu nem fumei se
me perguntares de onde eu venho, como é que o meu som subiu
sou obrigado a dizer: vim do myspace
Olha pra mim a dar facadas no rap
para lhe dar mais profundidade, tipo lucio fontana
Tu tas a ouvir gajos no rap, que o vão envergonhar
quando acabar a puberdade, tipo Hannah Montana
Eu, estou habituado desde o tempo do gameboy
a ter tudo mais tarde, agoro colo em pokemons
E tu? tu não devias viver envergonhado
Por não caber na expectativa dos outros, dá o que podes

 

Voz & letra: L
Instrumental: REIS
Mistura: L
Masterização: REIS [LockDown Studios]

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email