Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Sobes de nível, o inimigo quadruplica.
Vendem-te a vie en rose, mas la rose pica!
A vida é bela mas prepara-te para a luta
Já muita gente disse que a vida é uma luta

Em dias que o mundo faz ferida
Vinga-te da morte, agarra-te á vida

Aquenta o choque, o que não mata fortalece
Aquilo que se aprende assim, nunca se esquece
Há muitos dias em que o mundo faz ferida
Mas vinga-te da morte, agarra-te á vida

Resiste e vence, dos fracos não reza a história
Vive hoje tudo, que amanhã já és memória
Dá sempre corpo á luta, a tua vida inteira
Mais vale chorar de dor, do que rir de bebedeira

Em dias que o mundo faz ferida,
Aguenta as pancadas e pedradas
Vinga-te da morte, agarra-te á vida

Tens de aguentar sempre pancadas e pedradas
Lá para o meio á sexo, festa, gargalhadas
Esta mistura é mesmo um quadro mal pintado
Se deus existe fez um mundo ressacado

Aguenta o choque que não mata, fortalece
Aquilo que se aprende assim, nunca se esquece
Há muitos dias em que o mundo faz ferida
Mas vinga-te da morte, agarra-te á vida

Aguenta todas as pancadas e pedradas
Verás que os dramas desaguam em piadas
A vida é bela mas prepara-te para a luta
Se alguém te diz que é fácil, é filho da p***

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.