Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Entre sonhos e pesadelos
Vamos acendendo tochas
Os meus dias estou a vivê-los
Para pôr a viver os meus tropas
Agora faz as contas, paga as contas
Junta contras para limpar nódoas
Agora vê se te encontras a fazer montras
Não quero fama nem tshirts, quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas

Quando a dispensa está vazia
Não importa a gravidade
Para dar tudo a minha filha
Enfrento as leis da gravidade
Enfrento as leis da gravidade
Por aqui viver-se em familia tornou-se prioridade
Seja qual for a gravidade
Eu continuo o mesmo pula e medo só tenho de grades
Que eu venho
De um sitio onde a falta de respeito é grave
Muita procura para pouca oportunidade

Sou West Side, Linha C
Rapazes querem férias à lá gardê no Algarve
Se eu fumo muito, fumo o suficiente
Para o pouco que eu durmo pelas merdas de sempre
Juro são juros que pagarei para sempre
Espero cobrar no futuro o que estou a passar no presente

Afastar cobras do caminho
Cortar as rosas com espinhos
Virus no pregaminho
Construir um castelo com as pedras do caminho
Mas, deep como eu sou, tipo como eu sou
Deep como eu sou, tipo como eu sou

É o que eu vivo é o que sinto
Logo, Logo, Logo
Tripo com o meu som
Tripo com o meu som
Deep como eu sou, tipo como eu sou
Deep como eu sou

Entre sonhos e pesadelos
Vamos acendendo tochas
Os meus dias estou a vivê-los
Para pôr a viver os meus tropas
Agora faz as contas, paga as contas
Junta contras para limpar nódoas
Agora vê se te encontras a fazer montras
Não quero fama nem t-shirts, quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas

Quero que se foda a tua bitch
Porque eu não faço som para putas
Eu sou me dou com real woman's...
Mulheres com postura
Minha filha e minha mãe
Minha filha e minha mãe
Sou homem de uma mulher só
E o teu perfume faz-se bem
Desculpa amor eu acho estranho
Tanto amor sabe bem
Desculpa amor eu acho estranho

Que do sitio de onde eu venho o veneno sabe bem
Mas tu vens ou ficas?
Estás com a firma ou quê?
Sa foda a po po
Khapote carimba o CD
Sa foda a po po
Guerrilha U.R.B
500 mãos no ar a representar Linha C

Entre sonhos e pesadelos
Vamos acendendo tochas
Os meus dias estou a vivê-los
Para pôr a viver os meus tropas
Agora faz as contas, paga as contas
Junta contras para limpar nódoas
Agora vê se te encontras a fazer montras
Não quero fama nem t-shirts, quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas

Quando a dispensa está vazia
Não importa a gravidade
Para dar tudo a minha filha
Enfrento as leis da gravidade

Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas
Agora quero notas

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.