Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Fui Um Lobo Malvado 
Eu fui um lobo malvado 
Entrei em casa da avózinha 
E instalei-me na caminha 
Contigo a meu lado
Depois mostrei-te a cozinha 
Fiz-te passar um mau bocado
Com medo de ficar sózinho 
Quis fazer de ti o meu capuchinho 

Ainda não manejei nenhuma arma que não desse ricochete
E a cicatriz sobrevive sempre 
À mais perfeita ligadura
Mas quando quiseres és bem vinda ao meu castelo
Que talvez por ser velho e enrugado 
Não precisa de pintura
És bem vinda, amor 
Se ainda te apetecer 
Tal aventura

Cheguei com falinhas mansas 
Quis mostrar-te quem não era
Armei-me em herói de quimera 
Todo brilhante
Mais tarde soltei a fera
Mostrei-te o meu corno penetrante
Com ele espetei contigo na rua
Mas antes fiz questão de te deixar nua 

Ainda não manejei nenhuma arma que não desse ricochete
E a cicatriz sobrevive sempre 
À mais perfeita ligadura
Mas quando quiseres és bem vinda, amor 
Ao meu castelo
Que talvez por ser velho e enrugado 
Não precisa de pintura
És bem vinda, amor 
Se ainda te apetecer 
Tal aventura 

Eu fui um lobo malvado...


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email