Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Tenho memórias que não sei apagar
Tu tens histórias para contar
Dou-te momentos, quero os teus
Onde tu entras e rasgas os meus

Eu e tu, livres e sós
Este mundo, grita por nós

Tu és o norte, eu sou o sul
Todo este céu, tão cheio de luz
Fica mais forte se dizes não
Tens a palavra guardada na tua mão

Pedes-me tempo que finges não ter
Viajas no vento que bate e faz doer
Desenhas a estrada, piso o teu chão
Mostras a espada que fere o coração

Eu e tu, livres e sós
Este mundo, grita por nós

Tu és o norte, eu sou o sul
Todo este céu, tão cheio de luz
Fica mais forte se dizes não
Tens a palavra guardada na tua mão

Quantas vezes fomos sempre nós?
Quantos dias vão ter que esperar?
Se me ouves dá-me a tua voz
Porque és tu o meu lugar

Tu és o norte, eu sou o sul
Todo este céu, tão cheio de luz
Fica mais forte se dizes não
Tens a palavra guardada na tua mão

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email