Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Gosto do que é velho, faz-me sentir novo. 
Quem me olha do espelho são rostos lá do meu povo. 
Tenho as calças rasgadas, vou seguindo em contramão. 
Minhas memórias são herdadas dos nomes do… 

Meu coração que cabe na palma da mão. 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão. 

Cá atravesso séculos que me puxam pela mão. 
Dizendo “devias ficar vendemos solidão”! 
Mas nem todas as maravilhas que vejo e cheiro. 
Aos meus eu dava Tordesilhas e o mundo inteiro… 

Ai o meu coração que cabe na palma da mão. 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão. 

Assim, vou seguindo em frente 
Com o destino embriagado. 
Não sei aquilo que me espera 
e não estou Interessado. 

Ai o meu coração que cabe na palma da mão 
Coração que abro aqui neste serão, a todos que deixei na mão.

credits

from o convidado, released September 25, 2017 
música e letra - João Granola

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.