Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Eu sou assim
Sou tudo menos discreto
Vivo para mim
Alimento o meu ego

No meu da multidão
Quem brilha mais sou eu
Sei que sou assim
Bom demais ate p'ra mim

Olham para mim e dizem
Ele é tudo o que eu detesto
Mas eu estou bem assim
Ignoro o protesto
Acham que estão do lado da razão
Mas para mim
Faltam-lhes visão

Pensam que não tenho os pés no chão
Mas superego não cai não
Sim eu não caio
Vivo com o mundo na palma da mão
Sim eu não caio
Vivo com o mundo na palma da mão

Tudo em mim é puro brilho
Nada em mim é ficção
Ignoro a tua estima
Nem preciso dela não
Super ego

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email