Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

gildocarmo.png

Gil do Carmo apresenta hoje o seu disco "A Uma Voz", no B.Leza, com abertura de portas às 21h e inicío do concerto pelas 22h. 


O concerto acontece numa sala cuja história está intimimamente ligada à música dea lusofonia e que sempre foi ponto de encontro dos ritmos, das danças e dos sabores, facilmente identificáveis neste mais recente trabalho de Gil do Carmo.

Inteiramente escrito por si, este é o quarto trabalho da carreira do cantor, ao lado músicos que o ajudaram a encontrar um espaço próprio, como Yami, Antonio Serrano, João Frade ou José Manuel Neto. 
 
Ivan Lins descreve -o como o mais autêntico de todos os seus lançamentos, por ser "totalmente acústico, utilizando instrumentos ligados à musica popular portuguesa, como violas acústicas, guitarra portuguesa, acordeão e instrumentos de percussão. O que mais chama a atenção, após tão belas sonoridades e arranjos, é a forma como Gil e seu co-produtor e co-arranjador, o angolano Yami, construíram uma atmosfera sonora, que namora inúmeras tendências dos ritmos que se mesclaram através dos anos dentro do universo da musica portuguesa. O resultado, a serviço de composições simples e belos textos, só prova o amadurecimento de Gil como compositor e ideólogo de seus projetos".

O vídeo de "O Teu Cheiro a Café Torrado" está disponível no VEVO oficial de Gil do Carmo 
 
Oito anos depois, Gil do Carmo volta a focar-se na música a cem por cento, com um disco que é praticamente uma impressão digital do seu autor. "A Uma Voz" tem as janelas abertas, uma vista desafogada sobre Lisboa e um claro olhar posto no mundo.
 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.