Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

galandum.jpg

 
SEX 29 SET 22H00
MÚSICA

GALANDUM GALUNDAINA

OUTONALIDADES
 
 

CAFÉ-CONCERTO 3€ ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)


TRADICIONAL |60 MIN| M/6


Galandum Galundaina, considerados os embaixadores da música mirandesa, substituem os Fado Violado na abertura do OUTONALIDADES.


Ao longo dos últimos 20 anos o grupo contribuiu para o estudo, preservação e divulgação da identidade cultural das Terras de Miranda, Nordeste Transmontano. O seu trabalho de investigação e recolha, junto de pessoas mais velhas com conhecimentos rigorosos do legado musical da região, a par da formação académica na área da música, concretizou-se num sentido renovado no modo de entender as sonoridades que desde sempre conheceram. Com a sua música não procuram criar novos significados, mas antes descrever os lugares e a vida; encontrar as raízes que permitem que a cultura se desenvolva. Para Galandum Galundaina a “música não se inventa; reencontra-se”.

 


Paulo Preto voz, sanfona, gaita de fole mirandesa,  dulçaina, flauta pastoril e tamboril, Paulo Meirinhos voz, bombo, rabel, gaita de fole, realejo, garrafa, castanholas, pandeireta, pandeiro mirandês, Alexandre Meirinhos voz, caixa de guerra, bombo, pandeireta, pandeiro mirandês, tamboril, cântaro, almofariz , João Pratas  voz, flauta pastoril , flauta de osso, tamboril , saltério, flauta transversal, bombo, pandeiro mirandês, charrascas


 [espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email