Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Não dou um passo em falso
Não me atiro ao ar
Nos meus lábios não passam as coisas que eu quero contar
Não levanto a voz
Não me ouvem gritar
Tenho a garganta seca da dor que não pude chorar
És capaz de me encontrar
Numa estrada junto ao mar
Mas sou capaz de me esconder
Pisar a linha sem a ver
Incendiar o lume a arder
E ver-me de novo a nascer
Não dou parte de fraco
Não me canso de mim
E ao ver o meu retrato nem sempre sei se sou assim
Não conto com a sorte
Mas não deixo de tentar
E só lamento as derrotas que tive por não arriscar
És capaz de me encontrar
Numa estrada junto ao mar
Mas sou capaz de me esconder
Bater a porta sem querer

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email