Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Volta a cidade num perigo
o mesmo menino
a andar a pé
o que me trazes amigo
hoje eu não quero lições de café

Se aparecer ao meu lado
aquela que eu gosto
vou pedir-lhe um cigarro
eu sou queria saber
se ela ainda tem namorado

Sexta-feira a noite fora
tu ficas de sentinela
à espera que seja hora
de te enredares com ela

Saímos sempre bonitos
os mesmos amigos
sentados no chão
nós até somos parecidos
embora ás vezes tu fingas que não

Andas de queixo caído
um pouco sozinho
porque é que nada te agarra?
se não é nova é velha
ou é gorda ou é magra

Sexta-feira à mesma hora
tu ficas de sentinela
ah se te falta o enredo agora
enreda-te com ela
amigo é tua a hora
olha o que andámos a pé
que bom dia para deitares fora
as lições de café

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.