Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Crua Carne

Vivo perto de morrer é certo, magro.
Nediez obsessiva,
Não como vivo meu irmão.

Bem sei, gordo estou tão bem.
A crua carne vem...
Olha p'ra mim,
Dentro de...

Vício excessivo.
A aparência supera o génio.
Em fútil meio sinto,
Hoje há alguém p'ra dizer...

Bem sei, gordo estou tão bem.
A crua carne vem...
Olha p'ra mim,
Dentro de mim, olha...

Tanto que há p'ra te ver
Na imagem que te agonia.
Gordura existe em quem não vê.
O belo ser, que te sorria...

Gordo estou tão bem
A magra carne vem...
Olha para mim dentro de mim...

Filipe P.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.