Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Oculto o caminho que segui...
Não foi vergonha da minha raiz...
Foi uma defesa que perdi
e à deriva um rosto viril...

Acusam de tentar desistir...
E que o sucesso é aparição
Que o nome se ergue ao te vermos...
Mas o que escondes é a solidão.

Guarda-te bem meu anjo
Nesse teu receio doce de falar...
Cumpre o amor nesta vida insana
Não deixes a culpa te isolar...

Saberás no fundo o que digo...
Aparentemente triste e sem razão,
As ligações do corpo são tão certas
Resta limar a esfera da emoção!

Guarda-te bem meu anjo
Nesse teu receio doce de falar...
Cumpre o amor nesta vida insana
Não deixes a culpa te isolar...

Letra e Música
Filipe P.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.