Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Eu não sei o que vou fazer.
Diz-me quantas horas tenho para te ver!
Atente só mais uma vez…
Sei que ainda há tempo p'ra te ver como és.
E nada espero. Só…

Quero mais, quero mais, quero mais p'ra mim...
Quero mais, dá-me mais, dá-me mais de ti…

Eu não sei o que vou dizer,
As palavras embargam, não quero perder.
Diz-me que sim ou diz-me que não,
Não me faças perder tempo neste jogo da razão -
Eu sei que não. Eu sei que não… Te posso ter.

Refrão

Aquilo que fazes é aquilo que és,
Diz-me com quem andas e eu dir-te-ei quem és -
quem é, quem é que dá a mão à solidão?

Refrão

Mas se quiseres fugir basta dizeres que não
"quero mais, quero mais!",

Quero mais, quero mais…

Quero mais!
Quero mais!
Quero mais!
Quero mais… de ti.

Guardo na palma da vida
O relógio do teu coração
100 (sem) horas de partida -
Marca o ponteiro da solidão

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email