Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014

Festival Rescaldo abre quinta-feira com 10.000 Russos e The Jack Shits

Os portugueses 10.000 Russos e The Jack Shits abrem, na quinta-feira, na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, o Festival Rescaldo, um evento que promove a nova música portuguesa de vanguarda, do rock à música exploratória.

 

A abertura é com os portuenses 10.000 Russos, de João Pimenta e Pedro Pestana, e com The Jack Shits, banda recente de garage rock que junta Diogo Augusto e Samuel Silva (Marinha Grande) com Nick Nicotine (Barreiro).

 

À sétima edição, o Festival Rescaldo contará com mais artistas fora do eixo artístico de Lisboa e servirá de palco para a apresentação de novos álbuns da editora independente portuguesa Shhpuma.

 

"Terá menos nomes conhecidos, mas a programação está mais coerente e com qualidade. Há mais músicos fora de Lisboa – que tem sido o centro de grande movimentação – e revela o que os músicos têm estado a fazer", explicou o programador Jorge Travassos numa recente apresentação do festival.

 

No total, o Rescaldo contará com doze concertos e uma sessão de DJing entre quinta-feira e 1 de março, repartindo-se - com exceção do dia de estreia - entre a Culturgest e a loja de discos Trem Azul.

 

Na sexta-feira, na Culturgest, apresentam-se o guitarrista Nuno Rebelo, numa atuação a propósito da recente antologia "Removed from the flow of time – guitar solos 1992-2002", e o pianista Rodrigo Pinheiro (do RED Trio), com o músico alemão Thomas Lehn.

 

No sábado, o festival passa pelo pianista Tiago Sousa, que, pela primeira vez, junta a palavra à sua música com a ajuda da declamação de Maria Leite, e pela atuação do harpista Eduardo Raon com o músico esloveno Tomaz Grom.

 

O pianista e investigador Sérgio Costa, com peças para piano preparado e altifalantes, os Sturquen, dos portuenses César Rodrigues e David Arantes, e os Fat Freddy – ao fim de oito anos de silêncio - atuam no dia 27 de fevereiro.

 

No dia 28, apresentam-se o baterista portuense Nuno Aroso, com o espetáculo “Asperes”, com recurso a “matérias sonoras não convencionais, como pedras e metais”, e o guitarrista Peixe (Ornatos Violeta), ainda à boleia do álbum “Apneia”.

 

O Rescaldo termina na Trem Azul, a 1 de março, com os Kilimanjaro, de Barcelos, e com uma atuação do músico Vítor Rua (ex-GNR e Telectu), em versão DJ.

 

Entre os álbuns a apresentar estão "On the drive for impulsive actions", de Eduardo Raon, "Timespine", que junta Adriana Sá, John Klima e Tó Trips, e um álbum do pianista Simão Costa.

 

Em complemento aos concertos, a Trem Azul exibirá uma exposição de ilustração de Amanda Baeza.

 

retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 10:58 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds