Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

embaixador.jpg

 

 

Disponível nas lojas digitais dia 23 de Fevereiro

 

Embaixador nasceu em estúdio em 2012, através do seu membro fundador - Filipe Moura - que se assume como frontman do projecto, tomando as rédeas das guitarras e vozes.

 

Depois do 1º EP “A Outra Face”, editado em 2012, a “embaixada” do rock volta a dar sinal de vida com o lançamento de um novo EP – Os Dedos e os Anéis – marcando assim o início de um novo capítulo para o Embaixador.

 

A banda foi remodelada e apresenta-se agora em formato trio, com António Costa no baixo e Gonçalo Aires na bateria. Como convidado, Diogo Santos nas teclas (Kika, Lúcia Moniz, Miguel Araújo…), participou também na gravação do novo disco.

 

Este trabalho foi gravado nos Blacksheep Studios, um dos baluartes do rock nacional, e contou com a produção de Paulo Miranda (The Legendary Tiger Man, The Poppers, Old Jerusalem), que também já tinha sido o autor das misturas do 1º EP.

 

Embaixador é o rock no seu estado mais despido e cru e, neste trabalho, em vez de uma tentativa de camuflar as diferenças, a produção aponta agulhas no sentido oposto, amplificando o que distingue o som da banda, deixando as “arestas” por limar.

Diplomática, a sua música negoceia com a Pop, mas mantendo acordos com os ambientes psicadélicos dos anos 70.

Rock bonito e limpinho? Não... Embaixador não cede e não procura integrar-se no panorama, para ser apenas mais um projecto de “rock”.

 

Preparados?

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.