Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

coltonbenjamim.jpg

 


 

 

"Pirate Route" marca a estreia discográfica de Colton Benjamin e está disponível hoje nas lojas digitais.

 

 

Nascido e criado em Lisboa, o percurso académico do Luso-Angolano leva-o a passar grande parte do último par de anos entre Londres e Estocolmo. “Pirate Route” chega assim na sequência de dois anos a assimilar vibrações urbanas de três cidades em particular. Colton traz-nos no seu timbre intenso, jazz experimental preenchido pelas suas influências soul, funk e blues.

 

Colton começa a cantar no grupo de hip hop/soul Legião Vermelha e de seguida como a voz principal da banda Bambs Cooper. Depois de anos a assumir um papel secundário de apoio a vários artistas portugueses, como Jorge Fernando, Virgul, Nuno Guerreiro ou Dino Santiago, chega o momento de nos apresentar o seu primeiro trabalho a solo. Influenciado pela coleção de vinis da família onde pontificam o jazz e a bossa nova, para além de artistas como Curtis Mayfield, Isaac Hayes, Jimi Hendrix ou Nat King Cole, ainda ambientes como o funk e soul dos anos 90 de D'Angelo, Bilal ou Jamiroquai foram fundamentais para descobrir o seu próprio som.

 

O álbum conta com a abençoada colaboração de Royal Brandy (Holanda), Daniel Alexander (The Illumination Experience), Leslie Roxen Tan (Holanda), Paulo Carvalho (Nu Soul Family), Pedro Mourato (Skills & Bunny Crew), D-Compost no apoio técnico e o jazzman Miguel Teixeira.

 

Incentivado a permanecer fiel à sua visão artística pelo amigo de longa data e produtor Antonio Fonseca (Kiss and Die Productions, Amsterdão), bem como por Paulo Carvalho aka the Bassman (Nu Soul Family) parceiro em muitos outros projetos, Colton tem nas letras à flor da pele uma boa parte do seu encanto. Aborda temas como os altos e baixos do romance, cruzamentos culturais das suas viagens e observações socio-políticos. A intensidade das canções baseia-se nas experiências pessoais que têm um imediatismo subliminarmente relacionável e emocional.

 

Sail Away” é o single do álbum de estreia. Colton traz neste tema os altos e baixos de um relacionamento compartilhado jazisticamente, retratando a efemeridade de uma perspectiva pouco sóbria de compreender o amor.

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email