Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Quase nem reparo em ti
Ocupada com meu ando
Com as minhas coisas
Que vou adiando

E eu mal reparo em mim
Dou por certo e logo vejo
Se nao es o que quero
Eu vou adiando

Já ninguem espera por nós
Adiamos o que 'e urgente
E o nosso futuro
Já nao esta presente

Vamos tentar outra vez
Dar a mao
A palma toda
Ee contar aos nossos filhos
Uma outra história

E contar aos nossos filhos
Uma outra história

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post