Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Com alegria fico louca
e acaso te beijei um dia.
Foi um beijo que me escapou da boca
e andou a noite toda, a fazer o que eu nao queria.

Agora danço arrependida.
Um passo em frente, dois atrás.
E quanto mais me rodopias,
menos culpo a alegria na tristeza como farras.

Não te quero dar mais esperança
que a alegria não é tanta,
e há dias que não são dias.
Mas se tu dançares comigo
e aos meus passos deres sentido,

Não me alegras, mas conquistas.
Com alegria digo coisas, que nem em sonhos te diria,
nem a ferros nem por sombras
ouvirias certas coisas,
que eu te disse outro dia.

E agora danço arrependida,
que eu já nem sei dançar contente.
E quanto mais me rodopias
menos culpo a alegria.

Um passo atrás e dois à frente.
Não te quero dar mais esperança
que a alegria não é tanta,
e há dias que não são dias.

Mas se tu dançares comigo
e aos meus passos deres sentido,
não me alegras, mas conquistas.
Mas se tu dançares comigo
e aos meus passos deres sentido,
não me alegras, mas conquistas.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.