Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

matogrosso.png

 

 

De 16 de junho a 15 de julho, Beja volta a mostrar Alma Criativa.

 

Está de regresso o Beja na Rua, Festival de arte pública que celebra as artes na rua. Promovido pela Zarcos – Associação de Músicos de Beja, em parceria com associações e entidades do concelho, a iniciativa é uma aposta de Beja na afirmação das indústrias criativas, que fazem desta cidade uma montra para criadores locais e convidados, onde a cultura local se funde com o que de melhor se faz ao nível nacional e internacional.

Juntar universos e estéticas artísticas diferentes, potenciando projetos de fusão é um dos objetivos do evento, que nesta 2ªedição, volta a transformar o Centro Histórico da cidade numa enorme sala de espetáculos e manifestações artísticas ao ar livre, palco de auditórios e galerias improvisadas.

Espetáculos musicais, animações de rua, intervenções de arte urbana, exposições, performances de dança e poesia, "workshops", serão um constante durante as 4 semanas em que decorre o Festival que reúne em Beja muitos artistas.

Ney Matogrosso é presença confirmada a 16 de junho no Beja na Rua

O cantor brasileiro Ney Matogrosso é um dos artistas confirmados no Festival Beja na Rua. Ney regressa a Portugal para um grande espetáculo na Praça da República, no dia 16 de junho, onde vai apresentar-se com a exuberância que o caracteriza. Com ele vem o seu mais recente projeto "Atento aos Sinais", que inclui temas dos consagrados Caetano Veloso, Itamar Assumpção e Paulinho da Viola e dos emergentes Criolo, Vítor Pirralho ou Dani Black.

O Beja na Rua é, acima de tudo, uma celebração: a celebração das artes na rua. Tudo está em aberto, com a certeza que a criatividade e o envolvimento dos criadores locais são os aspetos centrais da iniciativa e que as nossas artes e tradições estão na rua. Para todos.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.