Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Como seria se houvesse um dia em que tu fosses capaz de voltar atrás e nos reencontrar
Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Sei que me amas, tu não me enganas, nem que tentes melhor, porque eu sei de côr cada passo que dás

Volta, não me deixes à solta,
A liberdade em excesso traz-nos sempre coisas más
E é triste para todo aquele que insiste, ao fim de tanto que há em nós,
Não nos deixes sós!

Sabes que te amo tanto tempo depois
Sinto saudades de nós os dois
Foi lá no teatro de São Luis, que te disse que sempre quis criar de raiz um final feliz
Tu sabes que o fomos, somos

Volta, não me deixes à solta,
A liberdade em excesso traz-nos sempre coisas más
E é triste para todo aquele que insiste ao fim de tanto que há em nós,
Não nos deixes sós

Sabes que te amo, sabes, sabes que te amo, sabes, sabes, que te amo, sabes, sabes... que te amo!

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email