Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

06 Dez, 2014

Darko

darko.jpg

 

 

Zé Manel é um dos mais jovens e promissores autores da sua geração, completando agora 10 anos de carreira com apenas 24 de idade. Durante 8 anos foi líder da banda Fingertips, com a qual conquistou o primeiro lugar das tabelas nacionais das rádios e o reconhecimento do grande público.

 

Foi já nomeado para 3 Globos de Ouro e assegurou a primeira parte de artistas internacionais como George Michael, Queen, Nelly Furtado ou The Corrs, tendo pisando palcos como o Rock in Rio ou o Festival Vilar de Mouros.


Em 2011, Zé Manel lança-se a solo com o projecto Darko, do qual resultam êxitos como “Define Joy”, “Para nunca mais (acordar)”, banda sonora da novela “Louco Amor” e um dos 20 temas mais tocados nas rádios nacionais durante o último ano, e que já ultrapassou um milhão de visualizações no Youtube, ou "Until the morning comes" que atingiu o top 10 das tabelas nacionais e faz parte da banda sonora da novela “Belmonte”.


No ano de 2014, Darko edita uma edição especial de "Borderline Personality Disorder", comemorativa dos seus 10 anos de carreira, na qual inclui quatro temas novos, entre eles "Olhos no chão", um single que sonoriza um projeto contra a descriminação e aborda a problemática do bullying.


Multifacetado, Zé Manel é agenciado pela Central Models e já pisou a passerelle da Moda Lisboa e do Portugal Fashion, tendo desfilado para criadores de renome como Nuno Gama ou Júlio Torcato e sido fotografado para publicações como a Vogue, Elle ou DSection.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email