Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Foste embora cedo demais

Não matou, Fortalece oque não mata

Parece um bom tema deconversa

Para inicar essa duracarta

Não sei porque escrevo

Talvez por raiva

Medo, Desabafo, Receio

Ou simplesmente para quesaibas

Que tentei compreendermas não me entra na cabeça

Porquê a distância

Para quê a dispensa

Da tua vida

Tenho uma questão

Não foste comprar tabaco

O que foste fazer então ?

Seja o que for

Não voltaste depois

Foste tu, a mãe

Ou o tango dança-se a 2 ?

Será que o sentes por mim

É amor ou ódio

Tens mulher, outro filho

Eu preencho o pódio

Bué dúvidas

O puto é que não mostra

Sempre fui Durão

A minha alma é exposta

Chegava a casa doinfantário

E não te via

1 miúdo que tentava, nãoentendia

O Presente dia do Pai

Era a mulheres queoferecia

Não sou de históriasencantadas

Mas no choro elas eramalmofadas

Não era pouco

As lágrimas não eramsaudade

Nem sabia onde tavas nomeio desse povo

A mãe não entendia omotivo do choro

Havia cenas proibidas

Uma delas : O teu nome

A Mesma mãe

Que sempre se esforçou

Me alimentou, mas praisso nunca descansou

E se eu não me deixolevar por outros

É porque ela me criou

Ela não seguiu o ex. domarido que me abandonou !

 

Refrão

Eu sei que não estás aqui

Mas mesmo assim te digo :

Feliz Dia do Pai para Ti

 

Foram anos

Sem um : filho como tesentes ?

E tal como juntos

O clima entre nós équente

Agora (Damn)

Já vais tarde

Dizem nunca tarde paramudar

E as noites que eu passeina cave

A escrever sobre o pai

Não

Não te vou chamar disso

Pai de verdade não fazpromessas para iludir o filho

Pai de verdade, Só fazchorar quando é preciso

(Yeah)

As memórias que tenho deti

É a tua ausência

Sonhava jogar á bolacontigo

Perdias por falta decomparência

Custa a crer

Mas eu tolero

Dizes não luto por ti

Só luto pelo que quero

Hoje já ligas

Reclamas que não dou obraço a torcer

Nunca deste a mão

Para ver o teu filhocrescer

Será que o pai cumpre as jurasque faz

Trauma em jovem

O homem com 2 pés atrás

Habituei-me a não taresperto

Deus separou

Por linhas tortas Eleescreve correto

E tal como no Natal

Quando o Homem quer é diado Pai

Cumprimentos do Diogo

P.S : Feliz dia do Pai

 

Refrão

D8 ao som de "Pray" de The Game cantou a letra original "Feliz Dia do Pai"
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

2 comentários

Comentar post