Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

16 Abr, 2015

D.A.M.A. - Mentiras

 

 

Letra

 

Dizes, que queres falar comigo há tantas coisas por dizer,
Bates, na mesma tecla não consegues esquecer
A conversa é sempre a mesma já não há nada a fazer
Digo, que não te quero e tu assim não pode ser
Eu só te dei a mão e já me queres levar o braço
E depois dizes que sou eu que não te largo
Às vezes custa admito, e só tu é que não vês que não fazes sentido
E davas voltas e voltas, respostas que eu não fazia parte
Não era uma relação, era um flic flac
E consumiste o meu lado fraco
Até te dava algum amor, se sobrasse
E ligas quando estás carente,
Posso pensar no passado mas agora é indiferente

Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Não não, é em vão, já não dão para mim

Não te vou falar de sentimentos
Nem te vou mentir com todos os dentes
Mas queres levar-me nesse labirinto só
Porque não sinto aquilo que sentes
Já te disse o que sabia mas tu não acreditaste
Sei que não sou o que tu querias mas agora já é tarde
Então perguntas porquê em vez de porque não
Eu já não quero saber quem é que tinha razão, não
E digo não inventes ou preferes que te minta sobre os sentimentos
Que eu não tenho e eu não minto só porque tu mentes
Podes ir e tu sabes não sou dos ciumentos
Então sai, que eu não sou o eminem, bye,
Já cansei, I don't love the way you lie

Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Dizes que é verdade mas já não dá para mim
Dizes que queres e que agora mudaste, não tou nem aí, não não
Não quero mais mentiras dessas que dominas
Agora para, pensa, no que já não temos

Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim
Tudo o que faças, não não
Pensavas que tinhas razão
Essas mentiras já não dão para mim

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email