Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

CTE: Ricardo Ribeiro e Carles Benavent confirmados para o próximo quadrimestre

 

CTE: Ricardo Ribeiro e Carles Benavent confirmados para o próximo quadrimestre

O jovem fadista Ricardo Ribeiro e o baixista Carles Benavent, natural de Barcelona, são alguns dos nomes confirmados para a próxima temporada cultural do Cine-Teatro de Estarreja. Até ao final do ano, Miguel Araújo, Emmy Curl, Maria João e The Black Mamba também se incluem num programa que não esquece a dança e o teatro.

 

Setembro | Outubro | Novembro | Dezembro 2014
Nova Temporada de Programação


São 30 eventos (espetáculos, concertos, conversas e workshops) mais 15 sessões de cinema. Para o último quadrimestre do ano, o CTE apresenta uma programação mais equilibrada, com 30% do calendário reservado para projetos de artes performativas, e articulada com a restante atividade municipal. Verifica-se nesta agenda uma maior abertura ao público, com iniciativas como oBoca(s) de Cena que, no âmbito do Laboratório de Aprendizagem Criativa (LAC), permite um contacto de proximidade com os artistas num ensaio aberto.

Nuno Bastos (12 set.) marca o arranque da temporada, num concerto de MPB que estreia ao vivo o seu novo álbum “Recomeço”. Ainda em setembro, Miguel Araújo (27 set.) regressa ao CTE, desta vez com “Crónicas da Cidade Grande”. Dois concertos inseridos no programa do Festarreja’14 - Festa das Artes e da Juventude.

De xaile ou capa e batina, o fado é uma das principais formas de expressão musical do país. Alma de Coimbra (18 out.) recorda a saudade da canção de Coimbra e Ricardo Ribeiro (1 nov.) mostra como se elevou a uma das melhores vozes do fado masculino.

O mês de São Martinho fica marcado por mais uma edição do Estarrejazz, Festival de Jazz de Estarreja. Este ano o festival conta com um grande cartaz, composto por 6 concertos no auditório e dois no café-concerto, destacando-se a presença de Maria Joãoao lado da Big Band Estarrejazz (8 nov.) e do excecional baixista Carles Benavent (15 nov.) com o recente projeto “Un, Dos, Três…” num trio onde Roger Mas (piano) e Roger Blavia (percussão) o acompanham. Mário Barreiros QuartetoStandards and Other Songs TrioBig Band da Nazaré e Nuno Costa “Vespa Mundi”, no auditório, e Trio Pedro Nobre e BounceLab, no café-concerto, são os restantes nomes da 9ª edição do festival.

Com novo trabalho debaixo do braço, The Black Mamba (13 dez.) apresentam-se a Estarreja num concerto que viaja pela soul, blues e funk orientado nos temas “It ain’t you” e “I’ll meet you there”. “Deixem o pimba em paz” (27 dez.), com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo, é um concerto de desconstrução, que mostra como fica a música popular portuguesa com arranjos de jazz e pop.

Novo espaço Café-Concerto

A rentrée do Cine-Teatro de Estarreja para mais uma temporada de programação cultural fica marcada pela renovação do espaço Café-Concerto, no 1º piso do edifício. Com nova imagem, maior conforto e horário alargado, este espaço volta a receber o circuito Outonalidades, este ano com os concertos de Emmy Curl (11 out.), Najla Shami (31 out.) e Tape Junk (28 nov.), todos eles com início às 22 horas.

Com uma dinâmica regular, o Café-Concerto do CTE reabre como espaço de encontro, agradável convívio e fruição cultural ao sabor de boa música e excelentes conversas.

Dança, teatro e novo circo diversificam a agenda

A abertura do mês de outubro fica a cargo das acrobacias de João Paulo Santos e Elsa Caillat que, com recurso a diversos aparelhos de circo como um mastro chinês, compõem o espetáculo “Abril” (3 out.), uma encomenda da CI Região de Aveiro para a Cultura em Rede.

No teatro destacam-se duas grandes comédias: “Táxis dos Nossos Dias” (25 out.), com Anabela, Ana Guiomar, Joaquim Nicolau, Sandra Faleiro e Rosa do Canto, e “40 e então?” (22 nov.), com Maria Henrique, Ana Brito e Cunha e Fernanda Serrano.

Fica no Singelo” assume-se como a versão contemporânea das danças e músicas tradicionais portuguesas. Da coreógrafa Clara Andermatt, o espetáculo estará em cena a 5 de dezembro, com um Workshop de Movimento Contemporâneo orientado pela própria coreógrafa às 18 horas de 3 de dezembro.

Com o Natal a chegar, a companhia espanhola Albadulake apresenta “Malaje” (20 dez.). Um projeto multidisciplinar onde o circo contemporâneo e o flamenco surgem de mãos dadas.

A comunidade volta a ser chamada

O trabalho do Cine-Teatro de Estarreja junto da comunidade tem vindo a ganhar corpo. Dentro dos pressupostos do LAC, a programação do último quadrimestre do ano inclui um projeto da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora, que conta com a participação da comunidade local. Chama-se “Me Mó Ria” e desafia a população a recuperar memórias passadas e a interagir com elas através do teatro de objetos. A apresentação deste trabalho acontece a 19 de outubro, num espetáculo com “Casa dos Ventos” na abertura, também da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Orquestra dos Brinquedos” (16 nov.) é mais um espetáculo promovido pelo LAC para toda a família. Depois do trabalho nas escolas do concelho, a “Orquestra dos Brinquedos” sobe ao palco para, em conjunto com o público, descobrir sons de instrumentos não convencionais.

Conheça toda a programação cultural do Cine-Teatro de Estarreja
Consulte a agenda municipal sempre que quiser e onde quiser através da edição online

+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email