Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

crying.png

 

 

“STARRY NIGHT” – SINGULARIDADES DE UMA LAGOSTA

 

É das cordas vocais de Duarte Cadete Inácio, e das promissoras mentes e dedos de João Costa, Rafael Burguete e João Henriques, que nos chega a mais recente aposta nacional da Music For All. Sob o nome Crying Lobster, este é um projecto de rock onde existe espaço para a riqueza do jazz, para a alma do funk e para a irreverência do stoner e do punk.

 

A estreia acontece ao ritmo de “Starry Night”, poderoso single que apresenta o quarteto ao público nacional. Para o Verão está marcado o lançamento do primeiro EP, ainda sem título, naquela que marcará a estreia do colectivo lisboeta.

 

No início havia o nada. E do nada surgiu a Lagosta. Das suas lágrimas floresceu o Universo, dando assim início a uma jornada tão longa quanto a mais antiga das estrelas. Crying Lobster não é um mero projecto musical.

 

É uma irmandade composta sob a égide da criatividade musical e da diversidade sonora dos seus quatro elementos.

 

Duarte Cadete Inácio (voz), João Costa (guitarra), Rafael Burguete (bateria) e João Henriques (baixo) são os protagonistas desta aventura maior do que a vida. Navegando nas profícuas águas do rock, jazz, funk, stoner e punk preparam-se, finalmente, para editar o EP de estreia.

O single “Starry Night” serve, assim, de antecipação ao novíssimo EP mas também de celebração do segundo aniversário da Lagosta. Tudo isto apenas se tornará realidade graças ao selo da Music For All.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.