Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Boemia

"Os Peregrinos do Mar" encerram as Jornadas Europeias do Património 2014

Os Boémia, correspondendo ao convite da Assembleia da República, associam-se às Jornadas Europeias do Património de 2014 e atuam no encerramento das Comemorações, no dia 28 de setembro, pelas 17h, na Sala do Senado.

Pelo impacto e relevância do trabalho da banda, nomeadamente o seu último trabalho “Os Peregrinos do Mar”, os Boémia foram assim convidados para encerrar as Jornadas Europeias do Património 2014, este ano subordinadas ao tema ‘Património, sempre uma descoberta’.

“Os Peregrinos do Mar” narra as aventuras e desventuras do povo Português na época quinhentista. Os textos têm como base as crónicas da época, partindo depois para um imaginário próprio. A composição é repartida por Rogério Oliveira e Marco Ferreira tendo ficado os arranjos e a direção musical também a cargo de Marco Ferreira. As músicas têm como base o tradicional e a rítmica Portuguesa, viajando depois para outras paragens harmónicas e melódicas.

A necessidade sentida de largar país e família e partir à aventura para melhores condições de vida, encontra natural paralelismo nos dias de hoje, quando tantos Portugueses deixam o país para tentar melhor sorte. Esta é a verdadeira matriz subjacente às líricas deste trabalho que prestam uma homenagem intemporal à força de vontade de um povo e à sonoridade incorporada na Moderna Música Popular Portuguesa.
 


Os Boémia


Com largos anos de existência sobre a sua formação inicial, os Boémia lançam o álbum Semente, em 2003, com a participação especial de Luis Represas, Luís Pastor e Fausto Bordalo Dias.

O estilo dos Boémia surge como evolução natural da música popular portuguesa e como reflexo de um conjunto de influências tais como Fausto Bordalo Dias, Zeca Afonso, Amélia Muge, José Mário Branco, Trovante, Jorge Palma, Sérgio Godinho, Tom Jobim, Chico Buarque, entre outros.

Como o próprio Fausto teve a oportunidade de dizer, “(...) os Boémia pertencem já a uma nova geração, que parte na senda da música popular portuguesa e que nesta altura já se pode chamar Moderna Música Popular Portuguesa.”

“Os Peregrinos do Mar” conta com a participação especial de Amélia Muge, Fausto Bordalo Dias e o ator Joaquim de Almeida, que se juntam ao grupo nesta aventura e de onde resultam temas como “Num Sonho Imaginável “, dueto com Amélia Muge, ou “Taprobana”, Dueto com Fausto. A voz do ator Joaquim de Almeida aparece ao longo do disco assumindo o papel de narrador desta aventura.
 
As Jornadas Europeias do Património (JEP)


As JEP são fruto de uma ação conjunta do Conselho da Europa e da União Europeia e desde o seu  lançamento, a Assembleia da República sempre se associou a tal efeméride. Assim, no fim de semana de 27 e 28 de Setembro, e a exemplo de anteriores edições, o Parlamento terá as suas portas abertas ao público, levando a efeito um conjunto variado de atividades culturais.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email