Quarta-feira, 15 de Novembro de 2017

apocalipse.jpg

 

 

CINETEATRO MUNICIPAL D. JOÃO V 

 

O APOCALIPSE SOBRE FERNANDO PESSOA E OFÉLIA QUEIRÓS

 

MÚSICA/ TEATRO
25 NOV |21:30H |10€
Classificação Etária M6

 

É um espectáculo inovador onde a literatura e a poesia se cruzam com a música, o teatro, a dança e a multimédia numa unidade artística fantástica que nos traz uma perspectiva de Fernando Pessoa ímpar numa transversalidade que cruza Oriente e Ocidente.

O projecto "O Apocalipse sobre Fernando Pessoa e Ofélia Queirós", nasce especificamente a pensar na Cidade de Lisboa e em Fernando Pessoa, a cidade como laboratório e acolhimento da matriz do pensamento universal dirigido a Todos

 

Este espetáculo reúne várias artes – literatura, teatro, música, canto, dança – em torno da ideia do reencontro de Fernando Pessoa e Ofélia Queirós no Cais das Colunas, num plano intemporal e visionário muito ligado ao imaginário de Lisboa, do Tejo e do Atlântico. Num modelo inspirado no Apocalipse segundo São João, Ofélia revela a Pessoa a verdade fundamental sobre o sentido do seu encontro e do amor e obtém o reconhecimento do Pessoa ortónimo e dos seus vários heterónimos. A obra dá voz a passagens e momentos capitais da vida e obra de Pessoa e recria o episódio da Ilha dos Amores de Luís de Camões, em torno de Pessoa e Ofélia. A obra recria ainda aspectos fundamentais da mitologia cultural portuguesa, centrais em Fernando Pessoa, como a vocação universalista da mesma cultura para unir Oriente e Ocidente e contribuir para uma metamorfose da consciência e uma nova civilização mais fraterna em relação aos seres vivos e à Terra.

O projecto "O Apocalipse segundo Fernando Pessoa e Ofélia Queirós", de autoria de Paulo Borges, é um Espectáculo Interdisciplinar. Desafiado por Miguel Babo (produtor e actor) e escrito por Paulo Borges, professor do Departamento de Filosofia da Universidade de Lisboa e autor de vários livros sobre Fernando Pessoa, estende o convite a uma equipa de artistas multidisciplinares, contando com trabalho de imagem e multimédia de Luís Fernandes, com a direcção musical e composição original de Rui Filipe Reis e com a Amálgama Companhia de Dança | Sandra Battaglia na Coreografia e direcção de Movimento.

 

 

 

"Vinde a nós
ó vós todos
que é a Hora"

Paulo Borges
in O Apocalipse segundo Fernando Pessoa e Ofélia Queirós

 

"Sou A que não é
A que não foi
A que jamais será
A matriz imensa que a tudo dá à luz
nutre reabsorve e recria"

Paulo Borges in
O Apocalipse segundo Fernando Pessoa e Ofélia Queirós
 
Ficha técnica:

Autor e Dramaturgia: Paulo Borges
Direcção Artística: Miguel Babo, Sandra Battaglia, Paulo Borges, Rui Reis – 4 elementos
Música - autoria e direcção musical: Rui Filipe Reis
Coreografia: Sandra Battaglia
Encenação: Miguel Babo
Vídeo: Luís Fernandes
Elenco Dança: Amalgama Companhia de Dança – Sara Coelho, Sandra Battaglia, Pedro Bettencourt, Rui Alexandre , Rui Peixoto.
Elenco Texto / Teatro: Talentilicious – Sonia Balacó , Álvaro Faria, Paulo Borges, João Damasceno, Miguel Babo.
Elenco Música: trio Caixa de Pandora e quarteto Vocalónimus - Rui Filipe Reis, Cindy Gonçalves, Sandra Martins | Carlos Ançã, Raquel Oliveira, Isabel Ançã, Miguel Carvalho.
Produção Executiva: Maria Esteves e Isa Paz


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds