Segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

 

“Choque em Cadeia”: o rock da nova geração portuguesa

 

 

 

A jovem banda de Lisboa edita, pela iPLAY o seu primeiro álbum com 11 temas originais de rock cantado em português. Um som orgânico, sem artifícios e com muito para dizer. O single “Deixa Rolar”, tema que entra logo no ouvido, põe o dedo na ferida.

 

“Não gostamos de música eletrónica”. Carlos Noronha admite que a frase pode ser polémica, mas o vocalista da muito jovem banda portuguesa (os quatro elementos têm idades a rondar os 19 anos) quer assumir claramente o ADN dos “Choque em Cadeia”: uma banda de rock, sem artifícios nem “manias”, que procura retratar a vida em Portugal, em português.

 

Membros de uma geração que enfrenta problemas bem reais como o desemprego e a “fuga” para o estrangeiro, Carlos Noronha (voz e guitarra), Manuel Parreira (baixo), João Costa (guitarra solo) e Luís Morais (bateria) abordam, no seu primeiro álbum “Pés na Estrada”, estas preocupações, mas também as ambições de liberdade, viagem e descoberta. “Pés na Estrada” é um álbum de originais que nos leva por caminhos de amor e desamor, ironia, crítica social, e mesmo puro divertimento e energia. 

 

O single “Deixa Rolar” (ver vídeo aqui), é uma boa amostra do espírito do álbum. O tema aborda a atitude muito portuguesa de “deixar andar”, de não se preocuparem demasiado. Sendo uma música de crítica social, é também o reconhecimento de que, apesar de tudo, os portugueses não desistem e acabam por resolver as coisas.

 

Com um conjunto de temas aperfeiçoados ao longo dos 5 anos de existência da banda, “Pés na Estrada” distingue-se pelo apuramento das letras, vocalizadas com invulgar atitude e afinação, em equilíbrio com sons bem estruturados e criatividade rítmica. O novo rock português vai passar, certamente, por aqui.

 

O álbum “Pés na Estrada” está disponível no Spotify, na loja iTunes e nas lojas FNAC.


O início do choque

 

Quatro amigos de infância juntaram-se em 2009 para formar uma banda rock. Com apenas 13 anos de idade, começaram a partilhar - primeiro no quarto de um deles e depois em estúdio - os sons que lhes iam na cabeça e a encontrar uma linguagem comum. Tocaram em festas de escolas, de faculdade, eventos municipais, um pouco por todo o lado. Cantavam em inglês, porque era essa a língua das bandas que mais os apaixonavam (Jimmy Hendrix, Nirvana, Rolling Stones e The Strokes), mas depressa passaram a cantar em português. Era a língua que fazia sentido para retratar a vida deles, dos jovens portugueses. Apontam Jorge Palma como uma das referências, entre outros nomes do rock português, mas assumem uma identidade muito própria. Como eles próprios admitem: “Começámos a tocar para ouvir aquilo que gostaríamos de ouvir.”

Ver video

 

 

Tracklist

 

Álbum: Pés na Estrada

  • - Deixa Rolar (single)
  • - O Teu Chão
  • - Mentalmente Astuto
  • - Quando Fores Embora
  • - Marilu Fez-se À Estrada
  • - Tivemos Tudo na Mão
  • - Já Estou Farto
  • - Rockinho Mandado
  • - Vou Gritando
  • - Vais Rebentar
  • - Nada a Perder

 

Disponível no Spotify, iTunes e lojas FNAC



publicado por olhar para o mundo às 20:36 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds