Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

charanga2.jpg

 

 

A Charanga continua a mostrar o seu novo álbum "Tribut'ó Ti Tobias"e podem ver uma pequena amostra do espectáculo ao vivo em 2017 com a Rapsódia do Pandeiro. Uma ode ao pandeiro que é uma mescla de músicas tradicionais com uma parte em mirandês e outra em espanhol, à volta dos “pandeiros” que se tocam em ambos lados da raia seca dos dois países da península ibérica.

 

 

 

Sobre o novo álbum "Tribut'ó Ti Tobias"

Partindo da ideia de homenagem, presta-se tributo a todos os que constroem e construíram a música ibérica (se é que ela existe). O novo álbum da Charanga inclui clássicos da dita música tradicional revirados do avesso, tributos à sopa de feijão, desgarradas, salgalhadas, uma homenagem ao emigrante do século XXI e muitos outros. 

Sobre o espectáculo ao vivo
 
É um espectáculo multimédia: para além da música que está no centro da performance, há uma forte componente teatral em que os músicos assumem o papel de três personagens fictícias com uma estória de vida, encontros e desencontros que se pode conhecer com mais detalhe aqui: http://www.charangacharanga.net/bio.html. Contamos também com uma VJ que complementa o espectáculo com imagens de recolha, vídeo generativas e de síntese gráfica.
Tem a duração de cerca de 1h20.

Sobre a Charanga

A Charanga é um projecto de criação e performance musicais. Na era digital e cultura actual, fazem uso de computadores, beatboxes, sintetizadores, ferramentas virtuais e influências musicais globalizadas, mas também o tambor, a gaita-de-fole, o violino, o bandolim, a D. Ermelinda que canta a Moda da Ceifa e os adufes. O repertório é maioritariamente original, sendo complementado com variações, versões e deambulações inspiradas nas construções melódicas, harmónicas e rítmicas do cancioneiro popular português e galego.

A Charanga foi vencedora dos prémios Megafone/SPA 2014 organizados pela associação Megafone5 - João Aguardela e atribuído por um diverso painel de júris composto pelas seguintes personalidades: Luis Varatojo (Músico), Pedro Gonçalves (Crítico de Música da Time Out), Ricardo Alexandre (RTP/Antena1), Jorge Cruz (Músico), Fausto da Silva (Rádio Universidade de Coimbra), Raquel Bulha (Antena 3) e Luís Ferreira (Director do Festival Bons Sons). Ao longo da curta carreira da Charanga foram também várias as referências, entrevistas e presença em vários programas, jornais e rádios de referência (Antena 3, RDP, Terra Pura, Radio 3 Espanha (rTVe), Radio Nacional Belga, Rádio Universitária de Coimbra, Mundofonias, jornal i, Público, Ípsilon, TSF, canal Q, RTP, SIC etc). Deu espectáculos um pouco por todo o país e em Espanha em auditórios municipais e outros locais de espetáculo de referência. Participou em festivais do circuito da música e cultura portuguesas (Andanças e Festa do Avante - 2010 / Outonalidades e Salva a Terra – 2011,2013 / L Burro e l Gueiteiro – 2012 / Iberfolk - 2013 / Festival Terra Transmontana e Festival Bons Sons 2014, etc). Publicou vários registos - EP "Electrónica Cá da Terra" (2009), EP “TransBorda” e LP “Borda Tu!” (2013) e "Tribut'ó Ti Tobias" (2016)


Francisco Gedeão - Voz, percussão tradicional, sintetizadores e programação de ritmos

Quim Ezequiel - Gaita de foles, vozes de apoio e aerofones vários

Simões - Bandolim, Bouzouki.

Marta Baqueiro - Manipulação de vídeo ao vivo
 
David Pereira - Técnico de Som

Discografia: https://charanga.bandcamp.com 

Website: www.charanga.pt

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email