Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Vesti a saia rodada
P’r’ apimentar a chegada
Do meu amor.
No mural postei as bodas,
Rezei nas capelas todas
Pelo meu amor.

Vem lá de longe da cidade e tem
Os olhos rasos de saudade em mim
E eu mando-lhe beijos e recados em retratos meus

Pensa em casar no fim do verão que vem,
Antes pudesse o verão não mais ter fim
Que eu estou tão nervosa com esta coisa do casar,
Meu Deus…

Vesti a saia rodada
P’r’ apimentar a chegada
Do meu amor.
No mural postei as bodas,
Rezei nas capelas todas
Pelo meu amor.

Por tantas vezes pensei eu também
Sair daqui atrás dos braços seus
De cabeça ao vento e a duvidar o que faz ele por lá.

São os ciúmes que a saudade tem
E se aos ciúmes eu já disse adeus
Hoje mato inteiras as saudades que o rapaz me dá.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email