Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

E se fosse contigo e se fosse consigo
Sempre tão polido até tenho um amigo
Por isso não és racista, homofóbico, purista
Por isso não és xenófobo, porco, machista
Bateste na miúda porque bebeste um copo a mais
Não é isso que te muda e ninguém gosta demais
Agora é surda e muda à frente dos demais
Tem vergonha, não pede ajuda só pensa em funerais.
Por isso observa-me, diz-me aquilo que vês
Vá-la enerva-me. Não tenhas medo ou timidez
Cor da pele primeiro, a roupa que vesti
Diz-me se sou um rafeiro ou da raça pedigree
Para mim é suficiente para ser gozado na escola
Mandarem-me para a baliza se quiser jogar à bola
Serei pequeno o suficiente, parvo o suficiente
Ou será que o problema é ser demasiado inteligente

Se cada vez que alguém sofresse
Se cada vez que alguém morresse
E tu pudesses evitar, e se fosse contigo
Diz-me e se fosse contigo
Se cada vez que alguém chorasse
Se cada vez que alguém gritasse
E tu pudesses ajudar
E se fosse contigo
Diz-me e se fosse contigo

Preferência sexual não é escolha sexual
E mesmo que assim fosse yo o que tem isso de mal
Senão estou bem no meu corpo quero vê-lo corrigido
Devo ser encorajado, nunca coagido
Queres decidir por mim boy como é que te atreves
Não conheces a minha vida boy não podes não deves
E não leves a peito por favor leva à cabeça
Antes que ela aqueça, faço-te uma promessa
Um dia essa ignorância pode-te tocar
Ya um dia essa arrogância vai se quebrar
Podes vir a saber o que é viver numa sociedade
Que maltrata as suas crianças e 3ª idade
Um peso uma medida para todo e cada vida
Direito de respeito merecido à partida
A tua ofensa lança medo e insegurança
Indiferença mata a esperança de esperança

Se cada vez que alguém sofresse
Se cada vez que alguém morresse
E tu pudesses evitar, e se fosse contigo
E se fosse consigo
Se cada vez que alguém chorasse
Se cada vez que alguém gritasse
E tu pudesses ajudar e se fosse contigo
E se fosse consigo

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.