Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

capitaocapitao.jpg

 

 

Depois de um primeiro auto-intitulado EP, onde se incluía o tema “O Lugar” (Novos Talentos FNAC 2012), e de um segundo EP, “II”, produzido e gravado por Bernardo Barata (Diabo na Cruz) e José de Castro, que continha o tema "Memórias Curtas", aparece agora "Sessenta e Quatro" - tema de avanço de “32”, primeiro disco de longa duração de Capitão Capitão, pseudónimo de J.P. Mendes.

“Sessenta e Quatro”, tema póstumo de um alinhamento que contará com dez canções, serve de justo single de apresentação para este disco co-produzido por João Gil (Vitorino Voador, Diabo na Cruz, You Can’t Win Charlie Brown). A repetição continua a dominar a palavra, como quem fala com pouco para tentar dizer tudo.

O tema conta com a participação de J.P. Mendes nas vozes, guitarras e teclas, João Gil no piano e António Vasconcelos Dias na bateria e foi gravado por João Gil e Manuel San Payo. As misturas do tema foram feitas por José Arantes e a masterização por Tiago de Sousa.

O videoclip foi filmado durante uma tarde de primavera num edifício já devoluto de Lisboa. Foi protagonizado pelo Zyan, filmado e dirigido pelo Ricardo Capristano, sendo o argumento de J.P. Mendes. A edição de imagem foi feita pelo Pedro Fonseca.

www.facebook.com/capitaocapitao
www.capitaocapitao.bandcamp.com

 

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.