Sábado, 15 de Março de 2014

 

 

Letra

 

Menina dos olhos tristes

o que tanto a faz chorar

o soldadinho não volta

do outro lado do mar

do outro lado do mar

 

Pequeno soldadinho grande

tenho saudades tuas

desses teu olhos brilhantes

sedentos de aventuras

da tua elegância britânica

num pijama anil

da tua candura titânica

mas quase infantil

mesmo se os ossos tivessem envelhecido

mesmo se os olhos tivessem escurecido

já te fui conhecer entre a morte e a tua mãe

quem te trouxe foi a música que amaste também

à livraria fui comprar o quero arte pra ti

tudo pra te dar a estrada e a liberdade

 ...... de saída aninhei-me naquela árvore

e ainda mais esquesita foi a vida ali buscar-me

 

Menina dos olhos tristes

o que tanto a faz chorar

o soldadinho não volta

do outro lado do mar

do outro lado do mar

 

Só querias ir pra casa

mas nunca te queixaste

para poupar os teus pais e os demais nunca choraste

amaste o mundo mesmo quando foi injusto

e só te restava o o sonho como um último reduto

mostraste que a ternura é a bravura de um homem 

e que ser forte é ser doce mesmo se as horas nos comem

bravo soldado grande diante da morte

delicado com o outro quando o teu corpo sofre

porque quando nada importa é quando importa de facto

saber sorrir para a sombra que mora no mesmo quarto

na luta ou no luto lado a lado de laço apertado

ali até que o luzir muda até ser escuro até ser vácuo

 

Menina dos olhos tristes

o que tanto a faz chorar

o soldadinho não volta

do outro lado do mar

do outro lado do mar

 

Já curta outros laços

e .. de muito luto

já me levou os seus braços

pra abraçar o outro mundo

mas tu foste ainda mais cedo

e a perda custa-nos muito

a batalha que travaste

foi de longe a mais injusta puto

nem tive tempo pra te ensinar palavrões a sério

pra te ouvir a praguejar alto e a gritar impropérios

pra te ver despenteado corado à gargalhada

vim tarde mas cheguei antes e devo-te um obrigada

quando está escuro ainda volto àquela árvore

onde a um pouco mais esquisita ainda  a vida vai buscar-me

na luta ou no luto lado a lado do laço apertado

na luta ou no luto lado a lado do laço apertado

na luta ou no luto lado a lado do laço apertado

ali até que o ser mude até ser escuro até ser vácuo

 

Menina dos olhos tristes

o que tanto a faz chorar

o soldadinho não volta

do outro lado do mar

do outro lado do mar

 



publicado por olhar para o mundo às 23:15 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds