Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

27 Out, 2017

CALEMA - SAUDADES

 

Letra

 

Não sobra mais nada
Além de nós dois aqui na minha cabeça
Como queres que eu te esqueça assim
E eu já nem sei se te quero de volta
Mas quando o sol se põe e o vento fecha a porta
Ainda te sinto tão minha sim

Quando ligo a rádio é o nosso som que toca
São tantas lembranças que me poem a andar às voltas
Era tão bom quando estavas aqui

De nós, tantas saudades de nós
Eu tenho tantas saudades de nós
Tantas saudades de nós, de nós
De nós, tantas saudades de nós
Eu tenho tantas saudades de nós
Tantas saudades de nós, de nós

Ficou no passado, promessas sem fim
Que por nós foram postas de lado
Olha o resultado em mim
Mesmo que eu queira a razão me revolta
Dói demais e agora nada mais importa
O ar que respiras já não é meu

Quando ligo a rádio é o nosso som que toca
São tantas lembranças que me fazem andar às voltas
Era tão bom quando estavas aqui

De nós, tantas saudades de nós
Eu tenho tantas saudades de nós
Tantas saudades de nós, de nós
De nós, tantas saudades de nós
Eu tenho tantas saudades de nós
Tantas saudades de nós, de nós

Não sobra mais nada

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.