Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Era uma noite chuvosa enquanto eu lia
Estava aconchegado no meu quarto e disse
Por quê não ligar-te?
Por quê não deitar pra fora
aquilo que esta dentro de mim?
Na escola eu não era confiante
O pensamento estava mas muito distante
Eu não estava mais ao abrigo

Mas com o passar do tempo eu fui aprendendo
A ultrapassar as coisas que me faziam mal
Meus medos, meus complexos, minhas incertezas
Me impediam de continuar a acreditar
Naquilo que eu queria mais na minha vida
Naquilo que realmente sou, sou

O que eu tava a espera finalmente chegou
Pra perto de mim, pra ficar
O que eu tava a espera finalmente chegou
O que eu tava a espera finalmente chegou
Pra perto de mim, pra ficar
O que eu tava a espera era me apaixonar
Por alguém, por alguém, por alguém
Eii

Contigo eu aprendi a dar valor a coisas simples
mas que fazem a diferença
Um toque aqui, um toque ali
Como quem diz "sou teu"
Uma mensagem ao acordar e outra antes de dormir
Dizendo que contigo cada dia é um dia a mais
Kidalê um mêcê bô
Turu dia ni boro mbê, êêêii

O que eu tava a espera finalmente chegou
Pra perto de mim, pra ficar
O que eu tava a espera finalmente chegou
O que eu tava a espera finalmente chegou
Pra perto de mim, pra ficar
O que eu tava a espera era me apaixonar
Por alguém, por alguém, por alguém
Eii

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email