Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Vou partir para a terra nova,
vou dar-me a outro lado
que aqui secou o solo,
resta manter-me acordado.
 
O país já anda à roda,
o coração está emprestado,
em Dezembro vou a casa
e em Janeiro estou cansado.
 
Fica Agosto na memória
e os ventos de outra moda,
a nação já não tem glória
e o futuro alinhado.
 
Sobra tempo para a cova
e o dinheiro está contado,
filho bom a casa torna,
mais vale ser retornado.
 
É no sangue, é no sangue,
que te prendem, que te prendem.
 
É no sangue, é no sangue.
 
É no sangue, é no sangue.

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.